• A NOSSA MISSÃO
  • Testes Covid-19
%AM, %19 %409 %2020 %09:%Out.

Em Portugal "não têm que estar sempre à defesa". Uma reportagem que revela pormenores sobre a vida do menores refugiados acolhidos pela Cruz Vermelha Portuguesa

"Algumas [das histórias destes jovens] são muito trágicas (...) tentamos focar-nos mais no presente e no futuro: Onde é que nós vamos? O que é que fazemos com esta dor?" recorda Cláudia Sabença quando se dirige às situações traumáticas pelas quais estes jovens passaram e que requerem um trabalho cuidado e minucioso. 

 

Numa reportagem dedicada ao tema dos menores refugiados não acompanhados, Cláudia Sabença, Coordenadora da Casa de Acolhimento da Cruz Vermelha Portuguesa onde se encontram os 25 menores que chegaram em Portugal no passado 7 de julho, revelou pormenores do dia-a-dia destes jovens e o trabalho diária de uma equipa que, ao longo das 24h do dia, os apoia. A gestão das emoções e a promoção da capacidade de adaptação a um contexto agora seguro, fazem parte das tarefas de maior foco desta equipa multidisciplinar. 
Veja aqui o artigo completa na Rádio Renascença. 


 

 

 

 

 

Vídeo

Powered by jms multisite for joomla